quarta-feira, 15 de maio de 2013

PISO DO MAGISTÉRIO NAS PRINCIPAIS CAPITAIS BRASILEIRA.


Veja o salário nas capitais brasileiras

Levantamento feito entre abril e maio de 2013 mostra quanto as capitais brasileiras pagam por 40 horas semanais a professores da rede pública que tenham como formação mínima o ensino médio, segundo a Lei do Piso. O piso salarial nacional, reajustado em 2013, é de R$ 1.567,00. Não conseguimos  contato com a secretaria de educação de Macapá. 

Veja os salários conforme dados das prefeituras.



Maceió (AL)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.075,28 
(40 horas semanais)

Em Maceió, o piso dos professores é R$ 491,72 a menos do que o piso nacional.



Porto Velho(RO)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.445,23 
40 horas semanais)

O piso salarial em Porto Velho está 121,77 abaixo do piso nacional. Segundo a Secretaria de Educação, um reajuste já está em discussão.



Salvador (BA)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.451,82 
(40 horas semanais)

Em Salvador, o valor pago a professores de nível médio é R$ 115,18 inferior ao valor do piso nacional. Dos 5.521 professores da rede municipal de educação, apenas 157 tem nível médio. O piso dos professores de nível superior é de 1.940,88


Rio Branco (AC)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 906,87 
(25 horas semanais)

Proporcionalmente à carga horária do piso nacional, de 40 horas, o valor do piso em Rio Branco seria R$ 1.451,00, portanto R$ 116,00 abaixo do piso nacional.


Fortaleza (CE)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.470,11 
(40 horas semanais)

O piso dos professores de nível médio em Fortaleza é inferior ao valor do piso nacional.


Teresina (PI)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.567,00 
(40 horas semanais)

Em Teresina, um reajuste de 7,97% foi aprovado em março deste ano, e o valor do piso está de acordo com o piso nacional.



Florianópolis (SC)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.567,00 
(40 horas semanais)

Em Florianópolis, todos os professores da rede municipal têm um vencimento básico igual ou superior ao valor do piso nacional.


Aracaju (SE)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.567,00 
(40 horas semanais)

Em Aracaju, todos os professores recebem um salário igual ou superior ao piso nacional.



Recife (PE)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.214,32 
(30 horas semanais)

Proporcionalmente à carga horária referente ao piso nacional, de 40 horas, o piso em Recife seria R$ 1.619,10, acima do piso nacional.



Palmas (TO)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.619,36 
(40 horas semanais)

O piso salarial de professores municipais em Palmas é superior ao piso nacional.


Goiânia (GO)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1680,27 
(40 horas semanais)

O piso para professores de nível médio em Goiânia é acima do valor do piso nacional. São poucos os profissionais que trabalham na rede municipal e que não tem formação superior, cujo piso salarial é R$ 2.088,57 também com uma carga horária de 40 horas semanais.


Belém (PA)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.796,70 
(40 horas semanais)

O piso salarial em Belém é superior ao valor do piso nacional.



Natal (RN)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 900,04 
(20 horas semanais)

O valor do piso em Natal, proporcionalmente à carga horária do piso nacional seria R$ 1.800,08, portanto acima do piso nacional. Atualmente existem apenas 51 professores com nível médio na rede, e a grande maioria está cursando o nível superior. Para os profissionais de nível superior, o piso é R$ 1.213,02 com uma carga horária de 20 horas.


Curitiba (PR)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 946,46 
(20 horas semanais)

Proporcionalmente a uma carga horária de 40 horas semanais, o piso em Curitiba seria R$ 1.892,92, ou seja, acima do valor do piso nacional. Recentemente a prefeitura aprovou uma lei que entrará em vigor em agosto e segundo a qual nenhum funcionário municipal receberá um salário menor do que R$ 1.100,00.


São Luís (MA)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.939,55 
(40 horas semanais)

O piso dos professores em São Luís é superior ao piso nacional.




Belo Horizonte (MG)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.140,75 
(22,5 horas semanais)

Em Belo Horizonte, são admitidos profissionais com nível médio na rede de educação infantil. A partir do ensino fundamental, o mínimo exigido é que os professores tenham nível superior. Proporcionalmente o valor do piso em Belo Horizonte para 40 horas seria R$ 2.028,00, portanto, acima do piso nacional.


Cuiabá (MT)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 2.120,49 
(40 horas semanais)

O piso salarial dos professores municipais de Cuiabá é acima do valor do piso nacional.


Porto Alegre (RS)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 2.187,00 
(40 horas semanais)

Em Porto Alegre apenas 89 dos 4 mil professores da rede municipal não possuem graduação, mas a prefeitura ainda realiza concursos em que são aceitos profissionais sem curso superior.



João Pessoa (PB)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.728,04 
(30 horas semanais)

Proporcionalmente a um regime de 40 horas, o valor mínimo pago a professores em João Pessoa seria R$ 2.304, acima do piso nacional. Segundo a Secretaria de Educação todos os professores da rede tem nível superior.


Boa Vista (RR)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.454,00 
(25 horas semanais)

São Paulo é o Estado com o piso mais alto para professores estaduais com apenas ensino médio de formação. Se aprovado o projeto de lei que propõe 8,1% de reajuste salarial, a remuneração desses docentes passará para R$ 1.950,40 a partir de julho.



Manaus (AM)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 1.222,64 
(20 horas semanais)

O Estado é um dos poucos no Brasil que seguem a Lei do Piso na íntegra.




Campo Grande (MS)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 2.362,04
(40 horas semanais)

O piso para professores de nível médio em Campo Grande é acima do piso nacional.


São Paulo (SP)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 2.600,00 
(40 horas semanais)

Segundo a Secretaria de Educação de São Paulo nenhum professor da rede tem nível médio, portanto o piso é válido para professores de nível superior.




Vitória (ES)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 2.782,74
(40 horas semanais)

O piso salarial de Vitória é válido para professores de nível superior. De acordo com a secretaria de educação da capital, não existem professores de nível médio na rede municipal.


Rio de Janeiro (RJ)

Piso municipal conforme a secretaria:

R$ 2.933,72 
(40 horas semanais)

O valor do piso salarial de professores municipais no Rio de Janeiro é quase o dobro do piso nacional.





Um comentário:

  1. ABAIXO O PISO PIRATA DO MEC! AJUIZADA AÇÃO JUNTO AO STF PARA O MEC COMPLEMENTAR O VALOR DO PISO CONFORME A FÓRMULA DO ARTIGO 5º DA LEI DO PISO – CERCA DE 100 PROFESSORES DE VÁRIOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS SÃO AUTORES DA RECLAMAÇÃO Nº 16013 – CONCLUSA PARA DESPACHO DO MINISTRO JOAQUIM BARBOSA A ESPERANÇA ESTÁ VIVA PORQUE A ESPERANÇA ESTÁ EM LUTAR - Matéria completa em: http://valdecyalves.blogspot.com.br/2013/07/abaixo-o-piso-pirata-do-mec-ajuizada.html

    ResponderExcluir